Mensagens

Recordar «Guernica» num dia que lembra a morte de um génio

Imagem
Pablo Picasso (25 de Outubro de 1881 — 8 de Abril de 1973)
Para Picasso, a vida e a arte eram uma.
Em «Guernica», recorreu a formas dramáticas, violentas, a fragmentações e metamorfoses anatómicas que, se por um lado criam figuras que não aderem a nenhum modelo "real", por outro exprimem toda a realidade e agonia da dor insuportável.
"O quadro converte-se numa manifestação da cultura na luta política, ou melhor dizendo, no símbolo da cultura que se opõe à violência: Picasso opõe a criação do artista à destruição da guerra."

CC BY-SA 3.0, Link

...futurista e tudo!

Imagem
José de Almada Negreiros, nascido a 7 de Abril de 1893. 
O Manifesto Anti-Dantas e por extenso é um texto publicado em 1915 por ocasião da estreia da peça de teatro Soror Mariana Alcoforado de Júlio Dantas. 
Em 1915 foi publicado o segundo número da Revista Orpheu, marco inicial do Modernismo em Portugal, onde participaram nomes como Fernando Pessoa, Mário de Sá-Carneiro, Santa-Rita Pintor e Armando Côrtes-Rodrigues. 
Todavia, a sua novidade, o seu arrojo, a sua ousadia tanto na produção literária como pictórica, causou escândalo junto da burguesia lisboeta conservadora. 
Entre os muitos opositores ao movimento estava o médico e escritor Júlio Dantas, cuja crítica aos vanguardistas foi feroz. 
Através deste manifesto, Almada reagia publicamente, utilizando Júlio Dantas como símbolo das posições mais retrógradas. 

Marguerite Duras

Imagem
 Hiperligação


«Ele vem encontrá-la à varanda, senta-se em frente dela, já vestido. (Em camisa, com o colarinho aberto.)
Depois de uma hesitação, pergunta:

Ele – O que era para ti Hiroxima, quando estavas em França?
Ela – O fim da guerra, quer dizer, o fim de tudo. A estupefacção… com a ideia de que se tenham atrevido… A estupefacção com a ideia de que tenham conseguido. E também, para nós, o começo de um medo desconhecido. E depois, por fim, a indiferença, o medo da indiferença, também…»


In “Hiroxima meu amor” (livro de 1988), de Marguerite Duras nascida a 4 de Abril de 1914.




Émile Zola

Imagem
By Édouard Manet - The Yorck Project (2002) 10.000 Meisterwerke der Malerei (DVD-ROM),
 distributed by DIRECTMEDIA Publishing GmbH. ISBN: 3936122202., Public Domain, Link

«Jeunesse, jeunesse! sois toujours avec la justice. Si l'idée de justice s'obscurcissait en toi, tu irais à tous les périls. Et je ne te parle pas de la justice de nos Codes, qui n'est que la garantie des liens sociaux. Certes, il faut la respecter, mais il est une notion plus haute, la justice, celle qui pose en principe que tout jugement des hommes est faillible et qui admet l'innocence possible d'un condamné, sans croire insulter les juges. N'est-ce donc pas là une aventure qui doive soulever ton enflammée passion du droit? Qui se lèvera pour exiger que justice soit faite, si ce n'est toi qui n'es pas dans nos luttes d'intérêts et de personnes, qui n'es pas encore engagée ni compromise dans aucune affaire louche, qui peux parler haut, en toute pureté et en toute bonne …

Mensagem do Dia Mundial do Teatro 2020

Imagem

«Sou do Tamanho do Que Vejo» pela Peripécia Teatro

Imagem
«Sou do Tamanho do Que Vejo», Fora de Cena [2006], pela Peripécia Teatro
Pessoa é o poeta múltiplo, o que precisa de imensas vozes diferentes para retratar a variedade infinita da vida. É, como ele próprio se define, uma sinfonia tocada por uma orquestra oculta que reside na sua alma. 
Este espectáculo pretende fazer ouvir parte dessa música que, às vezes, evoca a saudade ou a tragédia, mas também o humor, a ironia e o deslumbramento de estarmos vivos, mesmo que nunca saibamos se esses movimentos que vemos e ouvimos são reais ou sonhados; pouco importa, é nisso que consiste o teatro.

Dia Mundial da Marioneta

Imagem
Neste dia as marionetas estão em destaque nos teatros, museus e noutros espaços culturais do mundo. Não sendo possível, pelas razões sobejamente conhecidas, partilho a curta-metragem "Cantar com sentido, una biografía de Violeta Parra".
«Del campo profundo y carente, a la Europa antigua y distante, luchando siempre adelante, incluso en su despedida galopante, Violeta Parra exhibe sus artes, con sus desventuras mediante. Repasando algunos hitos cruciales que la construyen como persona y artista, esta biografía animada en Stop motion nos convida un vistazo a la historia de la mujer que rescató el folclore de un país sin memoria.
Violeta Parra (1917-1967) es una legendaria cantante, compositora e investigadora del folclore chileno,además de artista visual, poeta y activista. En vida influenció a toda una generación de artistas y músicos latinoamericanos, revitalizó con orgullo canciones perdidas que hoy son declaradas patrimonio. Fue la primera artista latinoamericana en exponer …

Dia Mundial da Poesia

Imagem
Mensagem da Diretora-Geral da UNESCO, Audrey Azoulay.
À semelhança das palavras do escritor Franz Kafka “Um livro deve ser o machado que quebra o mar gelado em nós”, John Felstiner, professor de Stanford, questiona no título do seu livro: “Pode a poesia salvar a Terra?”[1]
“Porquê invocar os prazeres da poesia num momento em que é necessário responder sem reservas? A resposta começa no indivíduo: são os indivíduos que recitam os poemas e é aos indivíduos que eles se destinam. Um após o outro, a vontade de agir pode aumentar em nós. Por sermos o elemento recetor da beleza e da força dos poemas, temos a oportunidade de reconhecer e atenuar a pegada que deixamos num mundo onde a natureza se reveste de uma importância vital.”
Elaborada com palavras, colorida por imagens, composta segundo uma determinada métrica, a poesia tem um poder sem igual; de agitar o nosso quotidiano e recordar a beleza do que nos rodeia e a resiliência do espírito humano.
Este ano,  em que se assinala o f…

... da espiritualização do som, tornado palavra

Imagem
A poesia é a espiritualização do som, tornado palavra, palavra articulada, som articulado. É a representação concreta da interioridade espiritual.
Escritores e amantes da poesia contam em versos como enfrentam o momento. 

Quando vier a Primavera

Imagem
Quando vier a Primavera, Se eu já estiver morto, As flores florirão da mesma maneira E as árvores não serão menos verdes que na Primavera passada. A realidade não precisa de mim.
Sinto uma alegria enorme Ao pensar que a minha morte não tem importância nenhuma.
Se soubesse que amanhã morria E a Primavera era depois de amanhã, Morreria contente, porque ela era depois de amanhã. Se esse é o seu tempo, quando havia ela de vir senão no seu tempo? Gosto que tudo seja real e que tudo esteja certo; E gosto porque assim seria, mesmo que eu não gostasse. Por isso, se morrer agora, morro contente, Porque tudo é real e tudo está certo.
Podem rezar latim sobre o meu caixão, se quiserem. Se quiserem, podem dançar e cantar à roda dele. Não tenho preferências para quando já não puder ter preferências. O que for, quando for, é que será o que é.

 “Poemas Inconjuntos”. In Poemas de Alberto Caeiro. Fernando Pessoa.

... e a Primavera chegou...


80 artistas de 16 países na XXI Bienal Internacional de Arte de Cerveira

Imagem
92 obras, 80 artistas. São estes os números resultantes da reunião do júri de seleção do Concurso Internacional da XXI Bienal Internacional de Arte de Cerveira. No total, registaram-se 740 obras a concurso, de 451 artistas, oriundos de 40 países.

Aviso Com base na comunicação emitida pela Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira de suspensão de equipamentos municipais e seguindo as orientações do Despacho 2836-A/2020 e as recomendações da Direção Geral da Saúde devido ao COVID-19, a Fundação Bienal de Arte de Cerveira (FBAC) suspendeu as suas actividades públicas, como medida de carácter preventivo, sendo que estará em funções, “à porta fechada”, em regime de jornada contínua (09h00 às 15h00).
A bienal de arte mais antiga do país e da Península Ibérica regressa no Verão de 2020, afirmando Vila Nova de Cerveira como a capital das artes plásticas do norte do país.


Fundação Bienal de Arte de Cerveira abre Candidaturas ao Concurso de Intervenções Artísticas até 18 de Abril

Imagem
A Fundação Bienal de Arte de Cerveira lança o desafio a artistas nacionais e estrangeiros para o envio de propostas de intervenção no âmbito do programa complementar da XXI Bienal Internacional de Arte de Cerveira
O concurso de Intervenções Artísticas 2020 decorre até 18 de Abril e tem como objectivo a promoção das artes e da cultura contemporânea. 
Saiba mais aqui.



Quarentena - Festival de Artes Online

Imagem
O Quarentena - Festival de Artes Online surge como resistência perante a situação de quarentena. Uma mobilização de vários artistas portugueses e brasileiros que, voluntariamente, enviaram propostas, não havendo uma selecção. 


Entre as 9h40 e as 00h00 do dia 20 de Março de 2020, podemos assistir a Teatro, Música, Performance, Vídeo, Fotografia, Dança, Poesia, Improviso, … 
Uma maratona de transmissões. Uma quarentena em partilha artística. 41 artistas entre Portugal e Brasil, 41 quarentenas a multiplicar-se por todos os ecrãs que se queiram juntar e testemunhar esta partilha artística. 
Este dispositivo e este acontecimento artístico não são uma solução à crise que o mundo vive neste momento.Também não pretende ser uma alternativa às artes performativas. É apenas uma forma de resistência ao contexto actual. 
Saiba mais aqui.


Aguenta

Imagem
Criação e Interpretação de Diana Costa e Silva e Rafaela Covas. Vim aqui hoje para te dizer
Que quem não pára, devora.
Porque é que agarro o ontem e o amanhã
Se temos, agora, o agora?
Que sentido tem falar tão alto,
Quando o outro está já ali?
Esta pressa do nunca há tempo.
Tento não pisar a merda dos cães enquanto caminho,
Aguento o barulho do vizinho,
Passo horas cibernéticas a descomunicar,
Desumanizar, enquanto caminho.
Desejo. Beijo. Deixo.
Solitariamente.
Irreflectidamente.
Egocêntrica. mente.
Aguenta.
Vim aqui hoje para te dizer
Que te podes demorar,
Respirar mais silêncio,
Reaprender o devagar.
Que sentido tem esta urgência de tudo, já?
Consome rápido que vai acabar,
Se não tens, corre e vai comprar.
Já não presta, deita fora.
Quero novo para estragar.
Chupa. Estraga. Chuta.
Rapidamente.
Avidamente.
Inconsequente. mente.
Aguenta.
Vim aqui hoje para te dizer
Que venho devagar,
Com tempo para gastar,
Tempo que não se perde.
Tenho comigo todo o tempo que me permito,
Tempo com tempo,
Do sem tempo me demito.
Vim aqu…

«O Medo»

Imagem
Texto e Interpretação de Rafaela Covas.

.. das palavras de Séneca

Imagem
"Não haverá razão para viver, nem termo para as nossas misérias, se fôr mister temer tudo quanto seja temível. Neste ponto, põe em acção a tua prudência; mercê da animosidade de espírito, repele inclusive o temor que te acomete de cara descoberta. Pelo menos, combate uma fraqueza com outra: tempera o receio com a esperança. Por certo que possa ser qualquer um dos riscos que tememos, é ainda mais certo que os nossos temores se apaziguam, quando as nossas esperanças nos enganam.
Estabelece equilíbrio, pois, entre a esperança e o temor; sempre que houver completa incerteza, inclina a balança em teu favor: crê no que te agrada. Mesmo que o temor reúna maior número de sufrágios, inclina-a sempre para o lado da esperança; deixa de afligir o coração, e figura-te, sem cessar, que a maior parte dos mortais, sem ser afectada, sem se ver seriamente ameaçada por mal algum, vive em permanente e confusa agitação. É que nenhum conserva o governo de si mesmo: deixa-se levar pelos impulsos, e não …

Mais lidas de sempre

«Madeira» primeiro single do novo trabalho de Carlos Nóbrega já disponível

Guitarrista José Negrin com novo álbum «Rough Pearl»

Após percorrer o mundo, a «Tragédie» de Olivier Dubois estreia em Portugal, dia 16 de Maio no CCVF em Guimarães

Fado Lelé na Banda Sonora da novela «Espelho D'Água»

Fórum Cultural de Cerveira inaugura exposições «Uma antologia de afetos» de Manuel Patinha e «O Douro à tua frente» de Sobral Centeno a 09 de Fevereiro

Namorados da Cidade apresentam primeiro álbum a 16 de Fevereiro em formato digital

Kate Mirson apresenta novo single «Please Don’t Leave Me» a 09 de Março em formato digital

Programa do II Festival Beja na Rua