Caldos de Peixe solidários em Rabo de Peixe



«Visitar os Açores é obrigatório. Por todas as razões conhecidas – beleza natural, autenticidade, natureza em estado puro – e outras menos óbvias mas igualmente surpreendentes. É o caso da vila de Rabo de Peixe. Uma surpresa e uma lição de vida. O facto de ser considerada uma das localidades mais pobres da Europa não a determina. Pelo contrário. Aviva o espírito solidário que se traduz na realização de iniciativas como o Festival do Caldo de Peixe. Já na sua quinta edição, tem este ano lugar de 21 a 23 de Julho, no Porto de Pescas da vila. 



Além da possibilidade de experimentar várias versões de caldos de peixe – uma especialidade regional que traduz, em sabor, a alma de uma comunidade que vive da atividade piscatória – poderá ainda participar nas várias iniciativas paralelas preparadas para este ano – presença da Confraria da Caldeirada de Peixe e do Camarão de Espinho, prova do hambúrguer de cavala de autoria da chef Patrícia Borges, entre outras. 

Convém salientar que esta será a primeira edição internacional do festival, graças à presença da Confraria dos Ouriços-do-mar de Gijón (Asturias) e, num âmbito lúdico, do músico Lou Bega (que se popularizou como o êxito Mambo No. 5). 




Destaque ainda para a realização, na sexta-feira, dia 21 de Julho, no Cine Teatro Miramar, do Seminário Mar, Gastronomia e Inovação. Como amuse-bouche do festival em si e da degustação dos caldos, serão abordados temas fundamentais ao desenvolvimento de Rabo de Peixe: como potenciar espécies menos valorizadas, a gastronomia local ou a importância da procura turística. 

Não faltam, pois, boas razões, para visitar o Festival do Caldo de Peixe. Mas há uma que se sobrepõe a todas pela sua relevância social: o lucro das vendas dos caldos de peixe reverte inteiramente para o apoio do serviço educativo das crianças de Rabo de Peixe. Quantos mais caldos se venderem – este ano a fasquia eleva-se para os 5 mil caldos – mais futuro se pode garantir às crianças de uma localidade que tendo vivido exclusivamente da pesca, precisa urgentemente de se reinventar e aprender a aplicar a sua relação única com o mar dos Açores ao serviço de atividades remuneratórias paralelas, como o turismo. 

E é por tudo isto que Rabo de Peixe é uma surpresa, uma lição de vida e uma localidade que é essencial conhecer. O Festival do Caldo de Peixe é o melhor dos pretextos para tomar contacto com uma comunidade única no nosso país. Disposta a mudar mas sem nunca perder de vista o que sempre lhe deu sentido: o mar.» 



Arquivo

Mostrar mais

PUBLICAÇÕES MAIS VISUALIZADAS NOS ÚLTIMOS 07 DIAS

Cinema Documental Ibérico em foco na VI edição do Periferias

Matosinhos em Jazz arranca no dia 1 de Julho

Jovens solistas da Metropolitana dia 20 de Junho no Museu do Oriente

Guimarães volta a vestir-se de branco na noite mais emblemática do calendário de verão

Já disponível o single «Don’t You» de Future Stranger

Exposição «A Sombra e os Seus Teatros» inaugura a 21 de Junho no Museu da Marioneta

Passa a Palavra! Festa dos Ofícios do Narrar vai acontecer no concelho de Oeiras entre 18 e 24 de Junho

Monda apresentam primeiro single «Vai de Centro ao Centro» do novo álbum com edição marcada para Novembro

«Prelúdio: A Mulher Selvagem» do Teatro da Didascália dia 19 de Junho no FITEI

PUBLICAÇÕES MAIS VISUALIZADAS NOS ÚLTIMOS 30 DIAS

Imploding Stars e MUAY, com projeção 3D de Miguel F, dia 25 de Maio no Plano B, em mais um concerto da SeteOitoCinco

Quid estreiam novo vídeo «Pontos Nos Is»

Fado Lelé com novo vídeo, realizado pelo vencedor do Yorn microCURTAS (MOTELX 2017), e novas datas de concertos

Cinema Documental Ibérico em foco na VI edição do Periferias

Miguel Rivotti apresenta o EP «Sempre Que o Fadista Canta» a 01 de Junho

Matosinhos em Jazz arranca no dia 1 de Julho

The Norton’s Project apresentam o single «It’s Time»

:papercutz dia 08 de Junho na Biblioteca Municipal Almeida Garrett, no Porto, em mais um concerto da Associação SeteOitoCinco

Kevinho ao vivo em Portugal. Dia 07 de Outubro no Multiusos de Gondomar

31ª edição dos Festivais Gil Vicente abre com duas estreias: «Pulmões» de Luís Araújo dia 07 de Junho e «Retábulos» do Teatro Oficina no dia 08

PUBLICAÇÕES MAIS VISUALIZADAS DE SEMPRE

«Madeira» primeiro single do novo trabalho de Carlos Nóbrega já disponível

Guitarrista José Negrin com novo álbum «Rough Pearl»

Após percorrer o mundo, a «Tragédie» de Olivier Dubois estreia em Portugal, dia 16 de Maio no CCVF em Guimarães

Fado Lelé na Banda Sonora da novela «Espelho D'Água»

Namorados da Cidade apresentam primeiro álbum a 16 de Fevereiro em formato digital

Programa do II Festival Beja na Rua

Kate Mirson apresenta novo single «Please Don’t Leave Me» a 09 de Março em formato digital

A.M.A. apresentam single «Eu Não Sei» a 06 de Outubro em formato digital

Orquestra Filarmonia das Beiras e Universidade de Aveiro festejam Aniversário com concerto a 15 Dezembro no Teatro Aveirense






Nº Visits _ por Blogger