Mensagens

A mostrar mensagens de Outubro, 2017

Quid apresenta «Ex-Passos» ao vivo e em edição digital

Imagem
«Os Quid são projeto de originais em português que, a ter de ser catalogado, fica confortavelmente "incluído na cena pop / rock / alternativo em formato acústico". 
Têm a sua origem em Alcântara, Lisboa, e há um ano editaram o EP “Gramática de Ser”, que rodou em showcases e concertos pelo país. 
Agora é a vez do single "Ex-Passo" chegar às plataformas digitais e dar a conhecer melhor a nossa música de Quid.



"Sem Filtros" será o primeiro álbum dos Quid, um projecto de originais, em português, esboçado há cerca de 10 anos e que, agora, avança convicto na cena musical Pop/Rock/Alternativo. 
Anabela Tomás dá voz às letras intimistas e às melodias que ecoam dos acordes das violas de Luís Santos. Na sua equipa, os Quid conta ainda com Margarida Moser (Cello); Rui Hopffer (Bateria/percussão) e Humberto Silva (Baixo). 
Analepse, Ego, Veludo Azul e Recordo o Dia serão alguns dos temas que farão parte deste primeiro longa-duração, para além do cartão de visita Ex-Passo…

Agenda Cultural de Beja para Novembro

Imagem
Em Novembro, Beja oferece, aos residentes e visitantes, uma vasta e diversificada programação. 
Destaque para a 18.ª Festa do Cinema Francês, que regressa a Beja, de 7 a 11 de Novembro, com várias estreias, sessões para escolas, e o já habitual cine-jantar, mas também para o 3.º aniversário da elevação do Cante a Património Imaterial da Humanidade, assinalado simbolicamente com o início de um ciclo de debates - “Vozes do Cante: diálogos em torno do Cante Alentejano” - que todos os meses terão lugar no Centro UNESCO para a Salvaguarda do Património Cultural Imaterial em Beja. 
Neste mês em que se celebra o Cante, poderá ainda visitar a exposição “Vértice Alentejo”: 25 retratos fotográficos, 25 conversas”, patente no Centro UNESCO até 13 de Novembro, e assistir ao filme “Os Cantadores de Paris” no Pax Julia. 
Na Biblioteca Municipal José Saramago, volta a haver Conversas com B de Beja, Sextas com Livros, e conferências, além da programação regular dedicada a toda a comunidade. 
A bonita pai…

Novembro reserva novidades especiais na Casa da Memória de Guimarães

Imagem
Direitos reservados
«O mês de Novembro reserva especiais novidades na Casa da Memória de Guimarães (CDMG). Logo no dia 04, às 16h00, a Casa abre portas para nos desvendar uma mostra fascinante, preservada por um dedicado colecionador vimaranense. “Raimundo Fernandes, Um Colecionador de Guimarães” é o título desta mostra programada no âmbito do ciclo de exposições temporárias “Memento”, cuja primeira edição (“Jantar de Domingo à Tarde”) terminou em finais de Outubro. No dia da inauguração da sua exposição, Raimundo Fernandes será igualmente o protagonista do Guia de Visita deste mês. No dia 10, a Casa da Memória acolhe uma nova sessão no âmbito do ciclo de conversas “Têxtil: A Memória do Futuro”, e a fechar a programação, no dia 19, o Domingos em Casa propõe uma oficina de construção de instrumentos de percussão com materiais inusitados, numa alusão ao Pinheiro, número que abre as tradicionais Festas Nicolinas. 
No primeiro sábado do mês, dia 04, às 16h00, a CDMG dá a conhecer, em primei…

Museu do Oriente leva biombo ao Japão

Imagem
«Um biombo de origem chinesa que retrata cenas da vida de Cristo, pertencente à colecção permanente do Museu do Oriente dedicada à presença portuguesa na Ásia, está em exposição ao público, pela primeira vez, a título de empréstimo no Kyushu National Museum, em Fukuoka (Japão), até 26 de Novembro. 
Japanese Art in the Age of Discoveries” explora a arte na perspectiva da interacção cultural, focando-se em particular no período entre 1543 - quando os portugueses chegaram ao Japão e aí introduziram as armas de fogo - e 1639, quando o regime Xogunato Tokugawa proibiu o monopólio do comércio pelos cristãos. A exposição reúne mais de 120 peças provenientes de museus nacionais japoneses, colecções imperiais, templos e duas colecções estrangeiras: a do Museu do Oriente e a do Museo Soumaya (Fundacíon Carlos Slim), do México. 
A responsável pelo Acervo e Exposições do Museu do Oriente, Joana Belard da Fonseca, acrescenta que “este biombo é um exemplar raro que combina a técnica de lacagem de Co…

Novo álbum de Gregory Porter já disponível

Imagem
Esta sexta-feira o cantor, vencedor de dois Grammys, Gregory Porter lançou o álbum “Nat King Cole & Me”, um tributo emotivo ao seu ídolo, o lendário cantor e pianista Nat King Cole
Com a ajuda de Vince Mendoza, da London Studio Orchestra e de uma banda constituída pelo pianista Christian Sands, pelo contrabaixista Reuben Rogers e pelo baterista Ulysses Owens, Porter revisita alguns dos maiores clássicos de Cole, como "Mona Lisa", "L-O-V-E", "Nature Boy", "The Christmas Song" ou "Smile". 
O álbum está disponível em vários formatos: vinil deluxe, CD deluxe e standard, para download nas versões deluxe e standard, e ainda nos serviços de streaming
Fonte



Workshops criativos no Museu do Oriente

Imagem
«Criar jóias em cerâmica inspiradas no Oriente, poemas haiku, pinturas chinesas e origamis arquitectónicos, são os desafios do Museu do Oriente para o mês de Novembro, em vários workshops inspirados nas artes tradicionais asiáticas. 


Dividido em três sessões, a 6, 13 e 17 de Novembro, o workshop de jóias em cerâmica ensina as bases para a criação de pequenos objectos personalizados, inspirados em pormenores e fragmentos de obras do Museu do Oriente e, também, em motivos de porcelana chinesa. Os participantes vão aprender a modelar e decorar uma diversidade de peças a aplicar em pendentes, brincos, pregadeiras, anéis, fios ou pulseiras à sua escolha. As peças são moldadas em diferentes barros numa primeira fase e, depois de chacotadas, são decoradas com vidrados e vidros de efeito. 
O que é o haiku?” é o que explica a especialista em cultura e literatura japonesa, Leonilda Alfarrobinha, no workshop que decorre nos dias 11 e 18 de Novembro. Em duas sessões, os participantes ficarão a con…

Dope Calypso apresentam-se ao público português

Imagem
Depois de Viana do Castelo, os húngaros Dope Calypso apresentam-se amanhã, dia 31 de Outubro, na Quina das Beatas do Centro de Artes do Espectáculo de Portegre.
«Imaginem uma banda garage rock, que adora Pixies e Buzzcocks e cria as suas canções com essa “fórmula”. Nascidos em Budapeste, Hungria, os Dope Calypso soam exatamente a essa mistura. 
Bateria, teclado, voz e duas guitarras a criar harmonias e canções dançáveis que ficam no ouvido rapidamente, sempre com a energia rock e a atitude punk bem presentes. 

No final do ano, os Dope Calypso apresentam-se ao público português, com muita diversão, surpresas, boa música e atitude positiva como garantias.» 

Próximas Datas
31.10 - CAE de Portalegre, Quina das Beatas 
01.11 - Stairway Club - Cascais 
02.11 - Popular Alvalade - Lisboa 
04.11 - S.H.E. - Évora


Marcus Mozyah Harris com novo single e concerto a 28 de Outubro no Barreiro

Imagem
'Unconditional' é o novo single e primeiro do EP 'I Roots', disponível brevemente. Entretanto, já este sábado, dia 28 de Outubro, Marcus Mozyah Harris participa nas Spot Sessions, no Barreiro. O evento, de cariz artístico/cultural, mostra artistas locais, artistas com impacto nacional e internacional, e é uma troca de experiências musicais em sessão aberta (jamsession, microfone aberto.). Um encontro de artistas que acontece de forma gratuita para a comunidade. 
No evento acontecerá também a mostra de outras atividades aliadas ao projeto, tais como artesanato, merchandise de artistas, exposições, performances, cozinha vegetariana etc). 

1º Encontro «Vozes do Cante – diálogos em torno do Cante Alentejano» a 27 de Outubro no Centro Unesco em Beja

Imagem
«Irá realizar-se no próximo dia 27 de Outubro, às 21h30, no Centro UNESCO para a Salvaguarda do Património Cultural Imaterial em Beja, o primeiro encontro Vozes do Cante – diálogos em torno do Cante Alentejano, com o tema de discussão dedicado ao “Cante nas Escolas”. 
Participarão no painel de debate: Eduardo Raposo, de Almada, Paulo Colaço, Paulo Ribeiro, Pedro Mestre e Roberto Pérez. A moderação ficará a cargo de José Roque (MODA). 
Procurar-se-á fazer um historial do projeto, com Beja como principal estudo de caso, mas alargando o balanço a outras áreas do país que tenham adoptado o Cante nas suas comunidades escolares. Para além de um balanço, propõe-se que a discussão possa contribuir para sustentabilidade do projeto, servindo para lançar uma reflexão mais alongada sobre as práticas e o espírito do Cante nas Escolas. 
No final da discussão haverá espaço para uma atuação dos Pequenos Cantadores de Beringel e do Grupo Coral Infantil Carpe Diem – Cabeça Gorda. 
Esta iniciativa insere-se…

Pedro Abrunhosa no Festival Internacional Nova Arcada Braga Blues

Imagem
«Inserido na Programação do Nova Arcada Braga Blues, no próximo Domingo, dia 29 de Outubro, Pedro Abrunhosa fará uma entrevista / concerto no Cineplace Nova Arcada, pelas 17h00. 
Budda Guedes leva o seu programa de YouTube (aqui) para a sala de cinema do Nova Arcada e entrevista Pedro Abrunhosa, numa conversa sobre o Blues. Juntos irão ainda tocar alguns Blues escolhida pelo consagrado músico portuense, que leva consigo dois dos seus músicos (Cláudio Souto, nos teclados e Bruno Macedo na guitarra) para se juntarem a Budda Guedes (voz e guitarra) e fazerem um mini concerto à volta do Blues. 
Vamos Falar de Blues é um programa de YouTube que teve incio em Fevereiro deste ano, onde Budda Guedes entrevista várias figuras do Blues nacional e internacional, com o intuito de divulgar o género e de munir de ferramentas todos aqueles que se queiram aprofundar no género. Este programa especial será filmado e exibido mais tarde no canal de Youtube.»


Ciclo Concertos a Oriente. 27 de Outubro e 4 de Novembro no Museu do Oriente

Imagem
«Um repertório que atravessa culturas, estilos, épocas e nações, ao som de um piano e de vozes fundidas num sopro intemporal, com lugar ainda para o violoncelo e instrumentos renascentistas, é o que podemos esperar dos próximos espectáculos do ciclo Concertos a Oriente, nos dias 27 de Outubro e 4 de Novembro, às 21h30, no Museu do Oriente
Sob direcção artística e comentado por Gabriela Canavilhas, o concerto da dupla Jill Lawson (piano) e Pavel Gomziakov (violoncelo) - a 27 de Outubro - traz a grande tradição musical europeia ao palco do Museu do Oriente, com a interpretação de obras de compositores como Frédéric Chopin, J. Brahms, A. Glazunov e D. Shostakovich. 


A 4 de Novembro, a diáspora portuguesa do Renascimento ecoa com os Sete Lágrimas, que irão interpretar temas tradicionais de Timor, Macau e África, bem como canções populares desde o século XVI. Fundado em 1999 por Filipe Faria e Sérgio Peixoto, este grupo dedica-se aos diálogos da música antiga com a contemporaneidade que, n…

Curtas de Terror Portuguesas na Cinemateca Francesa em Paris

Imagem
«No dia 30 de Outubro, o MOTELX - Festival Internacional de Cinema de Terror de Lisboa vai estar em Paris para uma sessão especial com a exibição de filmes que passaram pelo Prémio MOTELX - Melhor Curta de Terror Portuguesa, na presença de alguns dos seus realizadores. Em parceria com a Cinemateca Francesa e o Instituto Camões, o MOTELX programa uma sessão especial que recupera oito curtas dos últimos anos de competição pelo maior prémio em Portugal para curtas-metragens, criado em 2009. 
É praticamente uma década de criação nacional num território outrora inexplorado e de certo modo marginalizado em Portugal. Hoje, é com orgulho que se pode dizer que se faz cinema de terror no país com regularidade num género que exige tanto de saber fazer como de talento e criatividade. Sem dogmas nem preconceitos foi-se desbravando caminho com sangue novo e propostas arrojadas às quais o MOTELX procurou desde a primeira hora dar a maior projecção e visibilidade, cá dentro e lá fora. 
Este ano avança…

Noiserv dia 27 de Outubro em Leiria e 28 em Guimarães

Imagem
Dia 27 de Outubro, sexta-feira, Noiserv apresenta pela primeira vez em Leiria, no Teatro José Lúcio da Silva, o disco 00:00:00:00. Dia 28, regressa a Guimarães, desta vez para um pequeno concerto na Fnac do GuimarãesShopping
«Três anos depois da edição do último longa duração, Noiserv regressa com disco novo. 00:00:00:00 é o nome do sucessor de “Almost Visible Orchestra”, e é descrito pelo músico lisboeta como “a banda sonora para um filme que ainda não existe, mas que talvez um dia venha a existir”. É um disco diferente daquilo que noiserv nos tem habituado, a “orquestra de sons” que tão bem lhe conhecemos deu lugar ao som de um piano tocado a muitas mãos, enquanto da sua voz vemos sair, nos temas não instrumentais, histórias em português. 
O artwork ganha uma posição de destaque onde a sua total transparência, de cor mas não de conteúdo, reforça a ausência do filme ainda por fazer com a história de qualquer um de nós. Com quase 12 anos de existência, Noiserv, “homem-orquestra”, o…

Enrico Onofri com a Orquestra Metropolitana de Lisboa a 4 Novembro no MNAA

Imagem
«Enrico Onofri é o Mestre de Cerimónias deste concerto. O violinista italiano junta-se de novo à Orquestra Metropolitana de Lisboa e, como sempre, revelará segredos do repertório setecentista com interpretações de coração cheio e intensa fisicalidade. Em partes distintas, o programa convida a revisitar dois grandes compositores, e duas grandes cidades. 
A extraordinária carreira que Händel desenvolveu em Londres teve início em 1711 com Rinaldo, uma ópera séria que, apesar de ser cantada em italiano, conquistou de rompante o público inglês. Ouviremos, precisamente, a sua abertura orquestral. 
Entretanto, os gostos mudaram, e na década de 1730 já era dada preferência a oratórias na língua de Shakespeare, em cujos intervalos se ouviam os Concertos Grossos Op. 6. Num contexto distinto, Mozart também tudo fez para encantar a aristocracia vienense. 
Em 1782, pouco tempo depois de se instalar na capital austríaca, recuperou uma serenata escrita em Salzburgo para a influente família Haffner e tr…

«Viva Vivaldi». Solistas da Orquestra de Câmara de Cascais e Oeiras dia 28 Outubro no Palácio Marquês de Pombal

Imagem
«Uma das maiores representantes do Barroco Italiano é, sem dúvida, a obra o “Padre Ruivo”, de António Vivaldi. As suas obras, para todos os instrumentos, não deixam ninguém indiferente e muitos compositores como Bach, Mozart e muitos outros foram seus admiradores. 
As suas “Quatro Estações“ são provavelmente uma das obras mais conhecidas de música clássica. Neste recital são apresentadas diferentes peças do compositor, que merece toda esta homenagem.» 

A. Vivaldi"Primavera" da obra As Quatro Estações  A. VivaldiConcerto para guitarra e orquestra em Ré Maior  A. Vivaldi Concerto Alla Rustica  A. Vivaldi Concerto para flauta e cordas "Il Gardellino" Op. 10 N.º 3 RV428  A. VivaldiConcerto para dois violinos em Lá menor 
Solistas da Orquestra de Câmara de Cascais e Oeiras Pedro Rodrigues guitarra clássica  Vera Morais flauta 
Ricardo Mendes violino  Rui Cristão violino  Daniel Bolito violino  Ana Elisa Ribeiro violino  Gergana Bencheva violino  Lilit Khachatryan violino  Zhanna Antony…

Novo álbum dos Gaiteiros de Lisboa

Imagem
«Depois de 5 anos, uma das bandas mais aplaudidas do panorama da música tradicional portuguesa regressa com uma nova formação e disco - "A História" - onde reúnem os seus maiores êxitos e o single inédito "Roncos do Diabo". 
"A História" será editado no próximo dia 3 de Novembro. 

Os seminais Gaiteiros de Lisboa estão de regresso com uma formação rejuvenescida e uma renovada vontade... E com a sua já longa HISTÓRIA para contar. Uma história - em que, desde o seu início no ano de 1991, também foram protagonistas nomes incontornáveis da música portuguesa como José Mário Branco, Rui Vaz, José Manuel David, Pedro Casaes, Pedro Calado, José Salgueiro ou José Martins - em que a clássicos absolutos da sua carreira se juntam agora temas novos e inéditos como o incendiário novo single, "Roncos do Diabo".


Os Gaiteiros de Lisboa são reconhecidos como o mais importante grupo de renovação e reinvenção da música tradicional portuguesa. Com uma obra ímpar, origi…

Jessie Ware no Vodafone Mexefest

Imagem
Jessie Ware é a mais recente confirmação do Vodafone Mexefest

«A cantora britânica deixou o jornalismo para se dedicar à música. Começou por emprestar a sua voz em concertos do cantor inglês Jack Peñate. E não demorou muito até começar a colaborar com o projeto eletrónico SBTRKT, com quem editou o single “Nervous”. O sucesso desta e de outras colaborações valeu alguns passos importantes na carreira de Jessie Ware
Em 2012 editou o primeiro disco, “Devotion”. Com ele chegou o sucesso de temas como “Running” ou “Wildest Moments” e a nomeação para vários prémios, como o Mercury Prize. Depois de ter corrido o mundo com “Devotion”, Jessie regressou aos discos em 2014. “Tough Love” foi mais um sucesso entre o público e a crítica, mostrando que se pode juntar o melhor da música pop com um universo mais alternativo. “Say You Love Me”, feita em colaboração com Ed Sheeran, é um dos pontos mais fortes do disco. 
Jessie Ware sente-se confortável entre a pop e a soul (muitos já catalogaram como ne…

Novo single dos D.A.M.A

Imagem
«Oquelávai é o novo single de antecipação do próximo trabalho discográfico dos D.A.M.A, intitulado “Lado a Lado”, que tem edição agendada para 24 de Novembro. O tema estreou nas rádios nacionais e já se encontra disponível digitalmente (aqui). 
No próximo dia 25 de Novembro 2017, o grupo apresentará o novo álbum “Lado a Lado” ao vivo no Campo Pequeno. O novo registo de originais do grupo já deu a conhecer os temas “Pensa Bem” (feat. ProfJam) e “Não Comeces” que, juntamente com “Era Eu”, já se encontram disponíveis digitalmente e que também servem de avanço ao novo álbum. 
Depois de terem actuado na Meo Arena e tendo esgotado por duas vezes o Campo Pequeno, o grupo de Miguel Coimbra, Francisco ‘Kasha’ Pereira e Miguel Cristovinho irá regressar a esta emblemática sala lisboeta no próximo dia 25 de Novembro para um concerto verdadeiramente único, onde irá apresentar ao vivo o muito aguardado novo trabalho.» 
Fonte


Último fim de semana de Outubro com novas exposições e estreia teatral no CIAJG

Imagem
Self portrait living fossil  Christian Andersson, 2013 Impressão fotografica

«Esta sexta-feira, dia 27 de Outubro, às 21h30, o Centro Internacional das Artes José de Guimarães (CIAJG) inaugura o último ciclo expositivo de 2017 apresentando ao público percursos essenciais na cena artística nacional, através de duas surpreendentes exposições. No mesmo fim de semana, nos dias 28 e 29 de Outubro, também às 21h30, o CIAJG é tomado de assalto pelo Teatro Oficina, que aqui apresenta a sua mais recente criação em colaboração com os Velhos Nicolinos e a Outra Voz


 Mumtazz  Direitos Reservados

No dia 27 de Outubro, o Centro Internacional das Artes José de Guimarães abre portas para dar a conhecer as novas exposições que integrarão o 3º ciclo expositivo de 2017, que se prolonga até Fevereiro do próximo ano. A primeira constitui uma mostra antológica, “Hilaritas”, dedicada ao trabalho de Mumtazz, uma das mais singulares artistas do panorama nacional, que tem vindo a construir um percurso radicalment…

1ª Gala de Fado A Voz do Operário

Imagem
«A ligação entre a Sociedade de Instrução e Beneficência A Voz do Operário e o Fado remonta aos finais do século XIX. Ao longo da história da instituição, inúmeras foram as personalidades do mundo do fado que ajudaram a manter viva uma atividade regular, através de sessões de fado realizadas ou apoiadas pela Voz do Operário. De igual modo, as páginas do jornal A Voz do Operário foram um espaço sempre aberto para muitos autores lá registarem os seus poemas, e defenderam o Fado enquanto expressão cultural, social e das classes trabalhadoras. 
Por sua vez a Musica Unidatem como princípio base a universalidade da Música em defesa da arte e da cultura. É cooperando na preservação do espólio cultural e do património imaterial da música e das tradições portuguesas, neste caso o Fado, que a Música Unida se junta à A Voz do Operário, contribuindo solidariamente na programação, organização e divulgação anual da Gala de Fado A Voz do Operário
É esta relação indissociável ao Fado que A Voz do Ope…

Deep Blues Fest dia 03 de Novembro no CAE de Portalegre

Imagem
«O Deep Blues Fest é um festival onde o Blues e as suas raízes são a principal essência, desde o Delta do Mississippi até à Fonte dos Amores em Portalegre, passando pelo Barreiro e terminando na encruzilhada em que Robert Johnson, segundo conta a lenda, vendeu a sua alma ao Diabo. 
Fast Eddie Nelson, Little Orange e Lone Lisbonaires são os nomes escolhidos para esta 1º edição, onde também será exibido o filme "Live Muddy Waters 1971".» 
M/12 anos 

Dia 03 de Novembro, às 22h00, no Centro de Artes do Espectáculo de Portalegre
Bilhetes: 3€




Arquivo

Mostrar mais

Mais Visualizadas No Último Mês

Quid estreiam novo vídeo «Pontos Nos Is»

Fado Lelé com novo vídeo, realizado pelo vencedor do Yorn microCURTAS (MOTELX 2017), e novas datas de concertos

Cinema Documental Ibérico em foco na VI edição do Periferias

Matosinhos em Jazz arranca no dia 1 de Julho

:papercutz dia 08 de Junho na Biblioteca Municipal Almeida Garrett, no Porto, em mais um concerto da Associação SeteOitoCinco

31ª edição dos Festivais Gil Vicente abre com duas estreias: «Pulmões» de Luís Araújo dia 07 de Junho e «Retábulos» do Teatro Oficina no dia 08

Novas confirmações no 24º Super Bock Super Rock

Kevinho ao vivo em Portugal. Dia 07 de Outubro no Multiusos de Gondomar

Guimarães volta a vestir-se de branco na noite mais emblemática do calendário de verão

«Sempre Que o Fadista Canta» de Miguel Rivotti já disponível em formato digital

Nº Visits _ por Blogger