Exposição de Fotografia de Arte Pré-Histórica «In nomine hominis...pro memoria artis» de Dinis Cortes inaugura no Centro UNESCO em Beja com Conferência por Manuel Calado

Inaugura hoje, pelas 18h30, a Exposição de Fotografia de Arte Pré-Histórica "In nomine hominis...pro memoria artis”, de Dinis Cortes no Centro UNESCO em Beja. Na ocasião será proferida uma comunicação sobre arte pré-histórica portuguesa pelo professor e arqueólogo Manuel Calado e será feita uma visita guiada à exposição pelo autor. 



Esta exposição pretende dar a conhecer um pouco deste património tão relevante para compreendermos as nossas origens e a nossa natureza como espécie e que só pode ser entendida se percepcionada e interpretada pela generalidade dos cidadãos. 

A Arte pré-histórica portuguesa, produzida para fins de demarcação territorial, para fins iniciáticos ou funerários, de celebração, didácticos ou mesmo, quem sabe apenas contemplativos, seja ela rupestre fixa ou arte móvel, cerâmica, estatuária, artefactual decorativa ou outra, permanece até aos nossos dias como “memória da Arte”, conhecida dos Arqueólogos e outros intervenientes, mas muitas vezes distante da fruição e apreciação pelo cidadão comum. 

Esta exposição de Fotografia de Arte pré-histórica portuguesa destina-se às pessoas, ao cidadão independente do seu grau de instrução ou estatuto social esperando-se impacto positivo no que concerne ao fortalecimento, em cada um dos elementos do seu público, do conceito abrangente de literacia ou educação patrimonial. 

Fonte




Comentários