Doppio Ensemble apresenta-se no Centro Cultural de Lagos para concerto comentado, pautado por qualidade e talento

A convite do FIMA – Festival Internacional de Música do Algarve, o Doppio Ensemble desloca-se ao Algarve para atuar no Centro Cultural de Lagos este sábado, dia 14 de Abril, pelas 21h00. 



Ana Queirós, ao piano, e Evandra Gonçalves no violino, são as intérpretes de Doppio Ensemble, um projeto que nasceu em 2002 com o objetivo de tocar “um vasto reportório, que abrange obras desde o Barroco até aos nossos dias, dedicando especial atenção ao reportório português”. 

Cumplicidade e talento juntam-se em palco com a presença das intérpretes portuguesas, que percorreram inúmeros países a divulgar a música de compositores nacionais, dando um importante contributo na difusão do que se produz em Portugal. 

Em Lagos vão apresentar um concerto multifacetado, começando pela obra de Fernando Lopes-Graça, “Sonatina n.º 1 para Violino e Piano”, à qual se seguirá “Sonatina e Serenata”, de Anne Vitorino d’Almeida, uma peça inspirada na “doçura poderosamente apaixonada” que transparece naturalmente na interpretação do duo. Anne Vitorino d’Almeida confessa que foi um privilégio escrever uma obra que, seguramente, será sempre executada de forma sublime. 

A viagem musical prossegue até à Argentina, com a apresentação de dois andamentos da “Histoire du Tango”, de Astor Piazzolla, e o concerto encerra com uma obra de Prokofiev, a “Sonata para Violino e Piano n.º 2”. 

O Doppio Ensemble apresenta-se no Centro Cultural de Lagos no âmbito do FIMA 2018 no próximo sábado, dia 14 de Abril, pelas 21h00. Os bilhetes podem ser adquiridos no local do espectáculo.




Comentários

Arquivo

Mostrar mais

Nº Visits