Festa das Cruzes de Serzedelo estende o tapete à programação de Maio da Casa da Memória de Guimarães

Conversa em torno da Festa das Cruzes de Serzedelo abre caminho para a programação de Maio da Casa da Memória de Guimarães, numa viagem à qual se junta um novo Guia de Visita, a apresentação de uma publicação e uma sessão de Domingos em Casa. 


Direitos Reservados 

O dia 01 de Maio leva a Festa das Cruzes de Serzedelo até à Casa da Memória de Guimarães (CDMG), abrindo a programação deste mês na Casa. Uma conversa em torno desta Festa – na presença de um dos seus principais responsáveis – estende o tapete à programação de Maio, numa viagem que junta Paulo Cunha como Guia de Visita, a apresentação de uma publicação focada na Colecção de Fotografia da Muralha e uma saborosa sessão do Domingos em Casa. A riqueza e diversidade das propostas da CDMG permitem, mais uma vez, novos olhares e interpretações sobre a cidade de Guimarães e o mundo. 

No primeiro dia do mês, às 11h00, Fernando Oliveira – um dos conhecedores do saber-fazer dos tapetes floridos dos caminhos de Serzedelo na Festa das Cruzes, que decorre anualmente nos dias 05 e 06 de Maio – vai à CDMG conversar sobre esta tradição com rituais de festa ancestrais, cujo legado se vai transmitindo entre a sua comunidade, geração após geração. Este momento integra também uma demonstração das técnicas de manufatura associadas. A conversa é gratuita e aberta a todas as idades, estando a participação condicionada ao espaço existente. 



Direitos Reservados 

No sábado, 05 de Maio, às 17h00, a CDMG e o seu público conhecem um novo Guia de Visita. Paulo Cunha, investigador em História do Cinema Português, é Doutorado em Estudos Contemporâneos pela Universidade de Coimbra e docente na Universidade da Beira Interior, onde dirige o curso de Mestrado em Cinema. Em mês de 60º aniversário do Cineclube de Guimarães, a visita guiada deste cineclubista e vimaranense militante terá paragens obrigatórias nestes predicados: o cinema de (e em) Guimarães. Esta atividade, gratuita e dirigida a todas as idades, inclui uma visita pela exposição permanente da Casa da Memória, acompanhada por uma conversa com o público. 



Direitos Reservados 

A 19 de Maio, às 17h00, a Casa da Memória serve de palco para a apresentação do primeiro número de uma coleção de livros centrada na interpretação e representação fotográfica de Guimarães: “Prisma #1 Colecção de Fotografia da Muralha”. A investigadora Susana Lourenço Marques debruça-se sobre a Colecção de Fotografia da Muralha, através de um ensaio sobre a temática da ausência neste espólio fotográfico. Esta publicação assinala também a chegada da referida Colecção ao Repositório da Casa da Memória de Guimarães. A apresentação contará com a presença da investigadora. A apresentação desta publicação é igualmente aberta ao público, apenas com limite de participação condicionado ao espaço existente. 



Direitos Reservados 

Como habitualmente, o penúltimo domingo do mês está reservado para uma sessão de Domingos em Casa. No dia 20, pelas 11h00, a CDMG convida as famílias e todos os interessados para conhecer (e experimentar) as voltas da colher de pau de Álvaro Dinis Mendes e Liliana Duarte, do Cor de Tangerina, que nos guiarão, no aconchego da Casa, por uma viagem gastronómica recheada de histórias, tradições, lendas, pessoas, lugares ou objetos, sempre em relação com o espaço expositivo. O mês de Maio chega-nos, assim, com cobertura de açúcar. Foi em 1907 que a Sra. Joaquina da Silva descobriu a receita do Bolinhol, o pão-de-ló de Vizela, que é cozido numa forma com uma característica muito especial. As inscrições para esta oficina, dirigida a maiores de 3 anos, têm o custo de 2,00 euros e encontram-se disponíveis até 17 de Maio através do telefone 253 424 700, e-mail mediacaocultural@aoficina.pt ou mediante o preenchimento do formulário disponível no site www.casadamemoria.pt

Ao longo do mês, a Casa da Memória convida-nos a explorar a exposição permanente “Território e Comunidade”, onde podemos encontrar histórias, documentos, factos e objetos que permitem conhecer diferentes aspectos da comunidade vimaranense através de um largo arco temporal, bem como a exposição temporária “A Batalha Perdida. La Lys, 9 de Abril de 1918” – programada no âmbito do ciclo de exposições temporárias “Memento (Lembra-te)” – que apresenta, cem anos depois da tragédia militar portuguesa em La Lys, uma pequena evocação da grande batalha a partir de fotografias dos arquivos do Imperial War Museum de Londres (imagens da Frente Portuguesa na Flandres) e da Coleção de Fotografia da Muralha (imagens dos regimentos de Guimarães), bem como de objetos e anotações de soldados vimaranenses de Infantaria que combateram na Primeira Guerra Mundial. 

A Casa da Memória encontra-se aberta de terça a domingo, das 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 19h00. Aos domingos de manhã, a entrada é gratuita. A programação pode ser consultada em www.casadamemoria.pt




Arquivo

Mostrar mais

PUBLICAÇÕES MAIS VISUALIZADAS NOS ÚLTIMOS 07 DIAS

Cinema Documental Ibérico em foco na VI edição do Periferias

Matosinhos em Jazz arranca no dia 1 de Julho

Tribalistas ao vivo em Lisboa e Porto em Outubro

Passa a Palavra! Festa dos Ofícios do Narrar vai acontecer no concelho de Oeiras entre 18 e 24 de Junho

Já disponível o single e vídeo «Amor de Verão» de Carolina Cardetas

Jovens solistas da Metropolitana dia 20 de Junho no Museu do Oriente

Exposição «A Sombra e os Seus Teatros» inaugura a 21 de Junho no Museu da Marioneta

Já disponível o single «Don’t You» de Future Stranger

Unknown Mortal Orchestra apresenta novo álbum com concertos em Portugal no mês de Outubro

PUBLICAÇÕES MAIS VISUALIZADAS NOS ÚLTIMOS 30 DIAS

Imploding Stars e MUAY, com projeção 3D de Miguel F, dia 25 de Maio no Plano B, em mais um concerto da SeteOitoCinco

Quid estreiam novo vídeo «Pontos Nos Is»

Fado Lelé com novo vídeo, realizado pelo vencedor do Yorn microCURTAS (MOTELX 2017), e novas datas de concertos

Cinema Documental Ibérico em foco na VI edição do Periferias

Miguel Rivotti apresenta o EP «Sempre Que o Fadista Canta» a 01 de Junho

The Norton’s Project apresentam o single «It’s Time»

:papercutz dia 08 de Junho na Biblioteca Municipal Almeida Garrett, no Porto, em mais um concerto da Associação SeteOitoCinco

Matosinhos em Jazz arranca no dia 1 de Julho

31ª edição dos Festivais Gil Vicente abre com duas estreias: «Pulmões» de Luís Araújo dia 07 de Junho e «Retábulos» do Teatro Oficina no dia 08

Novas confirmações no 24º Super Bock Super Rock

PUBLICAÇÕES MAIS VISUALIZADAS DE SEMPRE

«Madeira» primeiro single do novo trabalho de Carlos Nóbrega já disponível

Guitarrista José Negrin com novo álbum «Rough Pearl»

Após percorrer o mundo, a «Tragédie» de Olivier Dubois estreia em Portugal, dia 16 de Maio no CCVF em Guimarães

Fado Lelé na Banda Sonora da novela «Espelho D'Água»

Namorados da Cidade apresentam primeiro álbum a 16 de Fevereiro em formato digital

Programa do II Festival Beja na Rua

Kate Mirson apresenta novo single «Please Don’t Leave Me» a 09 de Março em formato digital

A.M.A. apresentam single «Eu Não Sei» a 06 de Outubro em formato digital

Orquestra Filarmonia das Beiras e Universidade de Aveiro festejam Aniversário com concerto a 15 Dezembro no Teatro Aveirense






Nº Visits _ por Blogger