Criatividade, fruição, partilha e aprendizagem conquistam Centro Cultural Vila Flor e Centro Internacional das Artes José de Guimarães

Avizinha-se um tempo especial para Eles. Eles, as crianças. Eles, os jovens. Eles, o nosso futuro. Nos próximos meses, Eles vão tomar conta do Centro Cultural Vila Flor (CCVF) e do Centro Internacional das Artes José de Guimarães (CIAJG). Este tempo, é d'Eles. Teatro, música, dança, expressão plástica, construção sonora. Tudo cabe no CCVF e no CIAJG nos próximos meses com “O Baile das Coisas Importantes”, “Cartografia Imaginária”, “Tempo Suspenso” e “Estranhofone”. 


Créditos Pedro Figueiredo 

Nos dias 02 e 08 de Junho, o CCVF convida o Teatro do Bolhão para “O Baile das Coisas Importantes”. Este espectáculo, com texto a cargo de Afonso Cruz e encenação de Joana Providência, é interpretado por Catarina Gomes, que nos mostra que há coisas obviamente importantes que dançam e que são protagonistas do baile da vida, lembramo-nos imediatamente da Natureza, dos seus elementos, das virtudes. Mas a este baile chegarão também coisas insignificantes, outras inúteis, outras que não passam de detalhes. E como se não bastasse, chegarão ainda coisas indesejáveis, dificuldades e tristezas e dores. E serão todas estas coisas, coisas importantes. 

O Baile das Coisas Importantes” é dirigido às crianças a partir dos 6 anos de idade e decorre no pátio interior do CCVF nos dias 02 (11h00) e 08 (10h30) de Junho. Este espectáculo, integrado no MAIS DOIS – Programa de Aprendizagem na área das Artes Performativas, é uma coprodução do Centro Cultural Vila Flor e da EGEAC/Maria Matos Teatro Municipal e os bilhetes têm o custo de 2 euros. 



Direitos Reservados 

O final do mês de Junho inicia uma nova fase de usufruto dos tempos livres para os mais novos. E que melhor forma de aplicar o tempo se não a experimentar e a aprender. Aprender e partilhar com criatividade e diversão à mistura. É isso que podemos esperar das oficinas de Férias de Verão promovidas pela equipa de Educação e Mediação Cultural d’ A Oficina, que preenchem o calendário dos jovens entre os 6 e os 15 anos com oficinas de criação artística ao longo de três semanas: de 25 a 29 de Junho, de 02 a 06 de Julho e de 09 a 13 do mesmo mês, sempre das 09h00 às 18h00. 



Direitos Reservados 

A primeira semana destas oficinas de Férias de Verão acontece em vários espaços do Centro Internacional das Artes José de Guimarães e terá a Expressão Plástica como centro das atenções. De 25 a 29 de Junho, Gonçalo Fonseca será o monitor responsável pela “Cartografia Imaginária”, uma oficina de criação artística que mostrará como a partir de uma localização geográfica, linguagem, sistema político, religião, tradições, rituais e outros elementos, nasce uma nova cultura, um admirável mundo de possibilidades imaginárias. Inspirados pela coleção do CIAJG, constroem-se mapas, alfabetos, figuras e objetos. Do imaginado ao real, cria-se uma civilização, ora esquecida, ora projetada no tempo, através da transformação de matérias moldáveis que dão origem a uma exposição. A semana não se fechará sem uma visita guiada pela mão dos próprios criadores desta cartografia criativa, tendo uma apresentação pública final no dia 29, sexta-feira, às 18h00. 

As inscrições nesta oficina devem ser realizadas até 18 de Junho, através do telefone 253 424 700, do e-mail mediacaocultural@aoficina.pt ou do formulário disponível no site www.ciajg.pt. 




A semana seguinte faz-nos avançar para um novo mês e viajar até à Sala de Ensaios do Centro Cultural Vila Flor, espaço onde o teatro nos levará a descobrir o “Tempo Suspenso”. Nesta oficina de criação artística monitorizada por Adriana Campos, que se realiza de 02 a 06 de Julho, a Assembleia da CidadeDeTodosOsTempos informa que, ao longo de um certo dia, o tempo ficará suspenso, permitindo que cada habitante possa escolher um tempo para ficar e possa ainda fazer dos agoras, dos antes ou dos depois de amanhã uma infinidade de mundos – “fingindo que está, sonhando que vai, inventando que volta” (Mia Couto). Esta oficina fora do tempo inspira-se em Mia Couto, António Portillo, Alan Lightman e Michael Ende, para criar breves momentos performativos, a partir da exploração de texto, voz e corpo. No interior e no exterior. A apresentação pública final desta semana criativa está marcada para 06 de Julho às 18h00. Aqueles que pretenderem viajar até este Tempo Suspenso podem inscrever-se até 25 de Junho, através do telefone 253 424 700, do e-mail mediacaocultural@aoficina.pt ou do formulário disponível no site www.ccvf.pt



Direitos Reservados 

A última semana das oficinas de Férias de Verão tem lugar de 09 a 13 de Julho e propõe um regresso ao CIAJG para uma oficina dedicada à Construção Sonora. “Estranhofone”, a cargo de Samuel Coelho e César Estrela, é uma oficina para escutar e observar, para re-escutar e re-observar, para reconfigurar, redimensionar, para reutilizar e revalorizar, para descobrir e redescobrir, para fazer e refazer, para experimentar, para tocar. Este é o processo de contacto com um estranhofone, dispositivo com potencial sonoro invulgar ou dissemelhante. Para construir esta estranhofonia, usam-se barulhos marginais e objetos fora de prazo. E, para dar o tom, há que operar som e objeto, abstrato e concreto, música e escultura, objeto falante e objeto cénico. No final, apresentam-se melodias e outras estranhezas em público a 14 de Julho, às 16h00. As inscrições nesta oficina aceitam-se até 02 de Julho, através do telefone 253 424 700, do e-mail mediacaocultural@aoficina.pt ou do formulário disponível no site www.ciajg.pt

A participação em qualquer uma destas oficinas tem o custo de 30,00 euros sem almoço ou 55,00 euros com almoço. Existe ainda a oportunidade de inscrição em 2 ou em 3 destas Oficinas de Férias. A inscrição em 2 é possível pelo valor de 50,00 sem almoço ou 95,00 euros com almoço incluído. A inscrição nas 3 oficinas tem o custo de 70,00 sem almoço ou 135,00 euros com almoço. 






Arquivo

Mostrar mais

PUBLICAÇÕES MAIS VISUALIZADAS NOS ÚLTIMOS 07 DIAS

Cinema Documental Ibérico em foco na VI edição do Periferias

Matosinhos em Jazz arranca no dia 1 de Julho

Tribalistas ao vivo em Lisboa e Porto em Outubro

Passa a Palavra! Festa dos Ofícios do Narrar vai acontecer no concelho de Oeiras entre 18 e 24 de Junho

Já disponível o single e vídeo «Amor de Verão» de Carolina Cardetas

Jovens solistas da Metropolitana dia 20 de Junho no Museu do Oriente

Exposição «A Sombra e os Seus Teatros» inaugura a 21 de Junho no Museu da Marioneta

Já disponível o single «Don’t You» de Future Stranger

Unknown Mortal Orchestra apresenta novo álbum com concertos em Portugal no mês de Outubro

PUBLICAÇÕES MAIS VISUALIZADAS NOS ÚLTIMOS 30 DIAS

Imploding Stars e MUAY, com projeção 3D de Miguel F, dia 25 de Maio no Plano B, em mais um concerto da SeteOitoCinco

Quid estreiam novo vídeo «Pontos Nos Is»

Fado Lelé com novo vídeo, realizado pelo vencedor do Yorn microCURTAS (MOTELX 2017), e novas datas de concertos

Cinema Documental Ibérico em foco na VI edição do Periferias

Miguel Rivotti apresenta o EP «Sempre Que o Fadista Canta» a 01 de Junho

The Norton’s Project apresentam o single «It’s Time»

:papercutz dia 08 de Junho na Biblioteca Municipal Almeida Garrett, no Porto, em mais um concerto da Associação SeteOitoCinco

Matosinhos em Jazz arranca no dia 1 de Julho

31ª edição dos Festivais Gil Vicente abre com duas estreias: «Pulmões» de Luís Araújo dia 07 de Junho e «Retábulos» do Teatro Oficina no dia 08

Novas confirmações no 24º Super Bock Super Rock

PUBLICAÇÕES MAIS VISUALIZADAS DE SEMPRE

«Madeira» primeiro single do novo trabalho de Carlos Nóbrega já disponível

Guitarrista José Negrin com novo álbum «Rough Pearl»

Após percorrer o mundo, a «Tragédie» de Olivier Dubois estreia em Portugal, dia 16 de Maio no CCVF em Guimarães

Fado Lelé na Banda Sonora da novela «Espelho D'Água»

Namorados da Cidade apresentam primeiro álbum a 16 de Fevereiro em formato digital

Programa do II Festival Beja na Rua

Kate Mirson apresenta novo single «Please Don’t Leave Me» a 09 de Março em formato digital

A.M.A. apresentam single «Eu Não Sei» a 06 de Outubro em formato digital

Orquestra Filarmonia das Beiras e Universidade de Aveiro festejam Aniversário com concerto a 15 Dezembro no Teatro Aveirense






Nº Visits _ por Blogger