Exposição individual de André Saraiva, «André Azul», inaugura a 14 de Maio na Galeria Underdogs em Lisboa

André Azul”, uma exposição individual do artista André Saraiva, de 14 de Maio a 16 de Junho, na Galeria Underdogs em Lisboa.



«Há muito que André Saraiva nos tem encantado com o seu personagem Mr A – um alter ego simpático e algo traquinas que tem ganho vida no espaço de inúmeras cidades à volta do mundo, surpreendendo-nos, aqui e ali, em situações e contextos inesperados, com pequenos jogos poéticos, plenos de cor e alegria, que revitalizam e contrariam o cinzento insípido da vida urbana. 

Estilizado num conjunto de linhas longas, elegantes, simplificadas que terminam numa cabeça redonda de sorriso rasgado que pisca um olho aos transeuntes, Mr A tem assumido uma multiplicidade de formas e estados emocionais em função do local e da história que o autor nos quer contar.



É precisamente esta interacção poética, apaixonada e marginal com a cidade e os seus habitantes que André leva à sua primeira exposição individual na Galeria Underdogs – uma mostra que tem por base um conjunto de obras inéditas espalhadas pela galeria e pela cidade que, tendo como referente as emblemáticas figuras de convite da azulejaria clássica portuguesa, cruzam a sobriedade distinta desta técnica com a vivacidade energética da linguagem original do artista. 

Este recurso ao azulejo, que André tem vindo a trabalhar em anos recentes, procura não só explorar as suas próprias raízes culturais e identitárias, mas também contrariar a natureza efémera que tem caracterizado o grosso da sua obra, maioritariamente pintada – de modo expedito e ilegal – no espaço público. 


Sobre o artista

Também conhecido como Monsieur André e Monsieur A, André Saraiva (1971) é um artista de ascendência portuguesa que nasceu na Suécia e cresceu em Paris, onde começou o seu percurso na cena do graffiti ilegal aos 13 anos. Em 1989, querendo distanciar-se das limitações do graffiti mais tradicional, desenvolveu o seu original e icónico personagem Mr A, que foi pintando pelas ruas da cidade em interacção poética e divertida com o espaço público e os transeuntes. Desde então, o artista já assinou inúmeras intervenções em múltiplas cidades à volta do mundo, sendo visto como um dos pais da cena da arte urbana contemporânea. 

Tem exposto igualmente o seu trabalho em galerias e instituições à volta do mundo, e a sua obra encontra-se representada em várias colecções de renome. Também já realizou vários filmes e videoclipes e trabalhou como director criativo e empresário de clubes, hotéis e restaurantes em diversos países.» 


Inauguração com a presença do artista, segunda-feira, dia 14 de Maio 2018, das 19h00 às 22h00. 

Exposição patente até 16 de Junho 2018 
Horário da galeria: Terça a sábado, das 14h00 às 20h00

Entrada livre





Comentários

Arquivo

Mostrar mais

Nº Visits