Programação completa de dois palcos emblemáticos do Festival Santa Casa Alfama’18

No Santa Casa Alfama a música e o espaço não são coisas que se separem – e é a partir dessa união que surgem os momentos que mais tocam o público. É assim que os grupos e as coletividades também são convidados a participar nesta grande festa, como a Sociedade Boa União e o Palco Santa Maria Maior localizado no Grupo Sportivo Adicense e que conta com a curadoria da Junta de Freguesia que lhe dá o nome. 



No Palco Santa Maria Maior, localizado no Grupo Sportivo Adicense, desfilam os grandes talentos de uma freguesia que vive o Fado durante todos os dias do ano. Vozes genuínas e populares, capazes de arrebatar até a plateia mais imperturbável. No primeiro dia, o Grupo Sportivo Adicense recebe a experiência e a garra de Pedro Galveias e Diogo Rocha, duas grandes vozes da atualidade, mas também a juventude e o talento de Beatriz Felizardo e Inês Pereira, a vencedora da edição deste ano da Grande Noite do Fado de Santa Maria Maior. 



No segundo dia, o Fado é trazido pelas vozes bairristas de Vítor Miranda, Conceição Ribeiro e Jaime Dias, três dos melhores representantes da expressão mais popular do Fado nos dias que correm. E como também não poderia faltar juventude neste dia, a talentosa Andreia Matias vai pisar o Palco de Santa Maria Maior, no Grupo Sportivo Adicense. 



Na Sociedade Boa União, as propostas têm a mesma qualidade de sempre. No primeiro dia de Festival, os Modus de Fado sobem a este palco para um concerto imperdível. O projeto junta o Fado a outros géneros musicais da lusofonia, como a morna e o semba. 



No dia 29, mais duas provas de que o Fado está vivo e bem vivo: Beatriz Felício e José Geadas vão mostrar o porquê de serem consideradas duas das maiores promessas do nosso Fado e da música portuguesa. 

Fonte





Comentários