Revelado o Cartaz da Segunda Edição do Reguengos Wine & Blues Fest

Vítor Bacalhau, Velma Powell & Bluedays, Julian Burdock & Danny del Toro e os Ten Years After no cartaz da segunda edição do Reguengos Wine & Blues Fest, dias 13 e 14 de Agosto. 



O primeiro a subir ao palco, na II edição do Festival, será o português Vítor Bacalhau, no dia 13 de Agosto, às 22h00. 

Depois de dois anos de tour com o seu álbum de estreia "Brand New Dawn", Vítor Bacalhau lançou o seu segundo álbum, "Cosmic Attraction". "Dirty Little Girl" foi o primeiro single lançado em Junho deste ano. De forma a capturar toda a energia deste Power Trio, "Cosmic Attraction" foi gravado sem overdubs, sem metrónomo e sem munição. 

Este novo trabalho de Vítor Bacalhau é sem dúvida um reflexo dos inúmeros concertos tocados pela banda nos últimos anos, e também de novas experiências e vivências na vida do músico. "Cosmic Attraction" conta com a produção, gravação e mistura de Budda Guedes nos estúdios da Mobydick Records. Masterizado por Cristiano, no Mechanical Heart - Mastering Sessions. 

Vítor Bacalhau fechou o pódio do European Blues Challenge 2018, que decorreu em Março, em Hell, na Noruega, e juntou 21 bandas de blues de outros tantos países europeus. Foi a primeira vez que uma banda portuguesa alcançou tão importante galardão na Europa dos Blues. 

A primeira noite da II edição do Festival fica completa com a atuação da norte-americana Velma Powell & Bluedays. 

A grande cantora de blues, oriunda de Chicago, Velma Powell, é herdeira de um passado sem precedentes na história dos blues americanos. A sua voz, forte e emocionante, contrasta com a sensibilidade, nas baladas, onde Velma demonstra, uma maior proximidade ao Jazz. Sobrinha, neta de John Lee Hooker, tem no sangue, o verdadeiro e mais genuíno sentimento, da essência dos blues. 

Velma, tocou e gravou em Espanha, país onde reside actualmente com: Vargas Blues Band, La Orquesta Mondragón, entre outros artistas do jazz e do Pop. Acompanhada pelos Bluedays e já com três gravações no mercado, o seu repertorio baseia-se no estilo do Chicago Blues dos anos 40, 50 e 60. 

Julian Burdock e Danny del Toro atuam na segunda noite. 

O concerto de Julian Burdock e Danny del Toro é um caldeirão de diversidade musical, cheio de influências e estilos, desde os bottleneck Blues ao funk, incluindo algumas composições originais. A experiência Burdock/Danny Toro conta com a incrível guitarra e a voz, forte e sincera, de Julian Burdock, misturadas com a fantástica harmónica de Danny do Toro

Burdock e del Toro é um duo surpreendente, cuja capacidade de eletrificar o público é única e imparável, mantendo a música pura. Julian Burdock foi dez vezes nomeado para os British Blues Awards e venceu o Blues & Soul Show Award for innovation 2016 e o New Brunswick Battle of the Blues 2011. 

Os Ten Years After encerram o Reguengos Wine & Blues Fest 2018, dia 14 de Agosto às 23h30. 

O teclista Chick Churchill e o baterista Ric Lee são os únicos membros da formação inicial dos Ten Years After e têm agora a companhia de dois músicos verdadeiramente poderosos: Marcus Bonfanti, vencedor do British Blues Award, na voz e guitarra, e o baixista Colin Hodgkinson, que já tocou com The Spencer Davis Group, Peter York, Whitesnake, Jan Hammer, John Lord e Chris Rea. A banda está mais uma vez no seu auge. 

No palco vamos ouvir os clássicos “I Woke Up This Morning”, “Love Like A Man”, “Good Morning Little Schoolgirl”, “I'm Going Home”, “The Hobbit” e “Choo, Choo Mama”. 

Em 2018, os Ten Years After festejam o seu 50.º aniversário e para comemorar a banda escreveu e gravou um novo álbum de estúdio, intitulado “A Sting In The Tale”. Ten Years After, mais uma vez, criam uma incomparável mistura de experiência e vigor, que é tão intemporal como enérgica.






Comentários